segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

AS JANEIRAS



ASSIM ERAM AS JANEIRAS NA MINHA ALDEIA

Festejado o Natal e o nascimento de 2010, digerido o espumante, é tempo de fazer contas à vida, Levantar âncora e rumar para entrada no novo ano, com o cantar das janeiras.
As Janeiras são uma tradição muito antiga. Em muitas das nossas aldeias mantém-se bem viva esta tradição. Em especial nas Beiras e norte de Portugal vai passando de geração em geração, assim como o reportório musical que a esta quadra está associado.
Na minha aldeia forma-se um grupo de pessoas que tocando diversos instrumentos como a concertina, guitarra, ferrinhos, pandeireta, viola assim como outros inventados pelos próprios participantes, percorrem as ruas entoando cânticos associados às Janeiras.
Parando frente a cada porta de casa habitada. Convidando com os seus cantares o dono da casa a vir dar-lhe as Janeiras e desejando, assim um bom ano aos seus vizinhos. São normalmente convidados a entrar e são-lhes oferecidos algumas iguarias, como filhós, chouriço, morcela, toucinho, broa, castanhas, hortaliças e vinho, porque no final da caminhada à aldeia o conteúdo apurado durante o porta a porta, vai servir para a confecção de uma refeição tipo petiscada em que toda a gente pode participar. Continuando sempre com os seus cantares e danças tradicionais pela noite dentro.
É bom que se vão mantendo certas tradições. É uma forma de manter bem vivas as nossas aldeias, manter o convívio e a harmonia entre as pessoas que às vezes parece estar a morrer. De algum modo as Janeiras ou o cantar dos Reis permanece, não só na memória, mas também no quotidiano de muitos dos portugueses. È pena que cada vez há menos adeptos destas manifestações populares, o que também se deve à desertificação que se vai verificando cada vez mais nas nossas aldeias, em especial do nosso Portugal interior. Antigamente era também usual as crianças fazerem o seu pedido das Janeiras, Juntavam-se em grupos pequenos pela manhã bem cedo, com um saquito na mão e batiam de porta em porta esperando uma pequena dádiva como uns rebuçados, castanhas piladas, figos secos, uma fatia de bolo Rei, ou bolo escangalhado ou num grande dia de sorte uma tabele te de chocolate.
 


Texto publicado no blog www.aldeiadaminhavida.blogspot.com/. Visite, desfrute da leitura e vote no seu texto preferido.


8 comentários:

Eugénia Santa Cruz disse...

Amigo Moreira:

Passei pelo seu blog e que bom foi ver e ler mais uma bela historia que nos faz recordar as tradições do cantar das janeiras do tempo passado.
São estes textos que não nos deixam esquecer as nossas tradições e dão a conhecer aos nossos filhos como eram as Janeiras nas aldeias do nosso esquecido mas belo interior de Portugal.
Mas, felizmente nós vamos dando o nosso pequeno contributo para que não seja ainda mais esquecido e desconhecido com estes belos textos.

Um abraço,

Eugenia Santa Cruz

José Pinto disse...

Amigo Acácio
Descreveu muito bem as tradicionais janeiras. Os enchidos eram o prato forte das ofertas. Grandes patuscadas! Você sabe contar muito bem estes episódios.
Um abraço

Sandra disse...

BOM DIA!!!!!!
QUE SAUDADES.
DEMOREI MAIS VIM.
AMIGOS SÃO FRUTAS DE UMA CONQUISTA MUITA ESPECIAL.
SÃO OUROS, DIAMANTES,PÉROLAS, QUE MERECEM SEREM GUARDADOS NO COFRE DO CORAÇÃO.
LAPIDAMOS A CADA MANHA E CADA MOMENTO.
POR ISSO NÃO ESQUEÇA. VENHA BUSCAR ESTE LINDO CARINHO.
CURIOSA LHE OFERECE COM MUITO AMOR...
E NÃO ESQUEÇA:AMO VOCÊ MEU LINDO(A) AMIGO(A) VIRTUAL.
ESTE BOM DIA MUITO ESPECIAL PARA VC, VALE UM VALE AMIZADE E MUITO OURO.
LEVE OS PRESENTES PARA VC.
É OFERECIDO COM MUITO CARINHO
POIS ÉS MUITO ESPECIAL PARA MIM.
FICA O MEU ABRAÇO, MINHA TERNURA E AFETO A VC.
MUITO OBRIGADO PELA COMPANHIA.
QUE SEU DIA SEJA REPLETO DE ALEGRIAS, SUCESSO E FELICIDADES.


NÃO ESQUEÇA DE VIM CONFERIR.
ACESSE O BLOG MEUS MIMOS E LEVE SEU PRESENTE.
http://sandraandrade7.blogspot.com/

COM MUITO CARINHO VENHO RETRIBUIR O CARINHO NOS BLOGS.
TE ESPERO SANDRA

Sandra disse...

Não participei desta vez. não foi possivel.
Mas ficou legal a sua historia.
Sandra

M. Lourdes disse...

Caro amigo
Este é um costume ancestral do nosso país que, felizmente, em algumas aldeias do interior ainda se mantém.
Na minha aldeia, há muito que não se cantam as Janeiras, pois os seus habitantes pertencem a uma faixa etária elevada e, já não se metem em brincadeiras.
Beijinhos

Helena Teixeira disse...

Olá Acácio!
Cá estou eu a passear pelo blog do Carvalhal do Sapo. Já vi as Janeiras da Aldeia e vim revê-las por aqui.E o pessoal,já foi lá? Hum,estou para ver quem vai dar um passeio com estadio na Serra da Estrela? Depois vão ter de oferecer o cafézinho às meninas da Aldeia ;)

Jocas gordas
Lena

Helena Teixeira disse...

Olá amigo Acácio!
Por onde andará...não o tenho "visto" no seu blog...
Aposto que anda a divertir-se com neta? Faz senão bem ;)

Ah, o mês de Fevereiro está quase a chegar e com ele a Blogagem de Fevereiro. O tema é: O Carnaval e as suas tradições. Já sabe: texto 25 linhas e foto até 8/02 para aminhaldeia@sapo.pt

Jocas gordas
Lena

豬頭 disse...

a片手機看到飽
a片免費看看到飽
做愛a片直播網
a片下載網路電視
日本a片直播線上看
av女優手機看到飽
色情手機看到飽
18成人網站手機看到飽
視訊聊天室手機看到飽
情趣用品手機看到飽
a漫h漫手機看到飽
色情性愛光碟手機看到飽
sex手機看到飽
做愛手機看到飽
成人影城手機看到飽
情色貼圖手機看到飽
情色手機看到飽
色情網站手機看到飽